Confira truques para recarregar a bateria do iPhone de forma muito rápida

Os consumidores da Apple reclamam bastante sobre o tempo de recarga do iPhone. Há rumores recentes que ainda esse ano, a Apple introduzirá um sistema de recarga rápida para iPhones. Enquanto esse aguardado momento não se concretiza, separamos cinco dicas para te ajudar a recarregar a bateria do seu aparelho de forma mais rápida com a tecnologia disponível atualmente. Confira abaixo!

1-Modo Avião

Você vai recarregar o iPhone de forma um pouco mais rápida se mudar para o Modo Avião enquanto ele está ligado na tomada/carregador. Isso porque o Modo Avião desabilita as conexões móveis e wireless do smartphone, reduzindo assim o uso de energia.

O impacto é perceptível. Testes em 2014 mostraram uma diferença de quatro minutos ao recarregar a bateria até sua capacidade total, apesar de parecer bem mais rápido até a metade da capacidade.

2-Desligue o iPhone

Se você conseguir ficar sem o iPhone por 20 minutos, vai descobrir que ele recarrega a bateria até sua capacidade total muito mais rapidamente se você o desligar ao conectá-lo a uma fonte de energia.

A única pegadinha neste caso é que se você desligar o iPhone antes de ligá-lo na tomada, ele será ligado novamente assim que for conectado. Por isso, você primeiro deve conectar o aparelho na tomada e depois desligá-lo.

3-Use outros adaptadores de energia da Apple

Você pode usar os adaptadores de energia USB da Apple para iPad e Macbooks para recarregar o seu iPhone. O primeiro fornece 10-Watts contra 12-Watts do segundo; desta forma, o seu smartphone será totalmente recarregado de modo muito mais rápido.

Você também pode usar um Power Adapter USB-C do Mac de 29-Watts, 61-Watts ou 87-Watts com um cabo USB-C to Lightning para recarregar mais rapidamente um iPhone 8, X ou iPad Pro.

4-Remova o case

O seu iPhone pode ficar bonito e protegido com aquele case, mas você vai querer removê-lo na hora de recarregar a bateria do celular. Isso porque o iPhone pode não carregar de forma tão eficiente quando está com o case, conforme  explica a Apple: “Carregar o seu aparelho quando ele está dentro de determinados tipos de cases pode gerar excesso de calor, o que pode afetar a capacidade da bateria. Se você perceber que o seu dispositivo fica quente quando você carrega sua bateria, tire-o do case primeiro.”

5-Estado da bateria

A Apple diz que você deveria esgotar completamente a bateria do seu iPhone pelo menos uma vez por mês.

Para a manutenção correta de uma bateria baseada em lítio, é importante manter os elétrons dentro dela se movendo ocasionalmente, explica um documento da empresa de Cupertino.

“Certifique-se de passar por pelo menos um ciclo de carga por mies (carregar a bateria até 100% e então esgotá-la completamente”, afirma o texto em questão. Esse procedimento significa que a bateria vai durar mais (essas coisas se degradam com o tempo) e carregar mais energia, ampliando o seu tempo de uso entre as cargas.

Facebook no Android permite ver vídeos offline no app

fanQuem possui um smartphone com Android já pode se animar com uma notícia quentinha e que chegou dando o que falar. Isso porque foi afirmado, que o Facebook para o sistema irá permitir que os usuários salvem seus vídeos para, posteriormente, assistirem no modo offline no aparelho.

Apesar de ainda estar em fase de testes, é importante saber sobre, primeiramente, que não se trata de um download dos vídeos para a memória do smartphone, mas sim, de uma função que funciona como uma gravação de conteúdo dentro de um aplicativo. Dessa forma, após a gravação, pode-se assistir ao material sem a necessidade de conexão com a internet.

Com isso, apesar de não se tratar de uma economia na memória do telefone, a ideia se torna muito útil em relação à utilização dos dados móveis de uma operadora, por exemplo, ou ainda quando as pessoas não possuem conexão com a internet o tempo todo. Sendo assim, a sugestão é que se aproveite uma rede Wi-Fi, independente de onde se esteja, para gravar o conteúdo dentro do aplicativo e visualizá-lo posteriormente e quando quiser.

Até o momento, não há previsão de uma versão para o iPhone. Aos poucos, porém, a atualização está sendo liberada para usuários de Android, estando essa em um botão de salvar no canto superior direito da tela dos vídeos.

Para a sua utilização, portanto, basta clicar na opção referente a salvar um conteúdo no Facebook. Entre em uma publicação e vá até a seta e selecione “salvar vídeo”. Concluído isso, é preciso ir até o menu do Facebook para Android e clicar em “salvos”.

É fundamental ressaltar que a reprodução só é possível dentro da própria rede social e não por meio de outros aplicativos, como é o caso do MX Player e VLC Media Player. Ainda, essa opção de salvar vídeos aparece nas versões beta de 85 e 86 do app da rede social para Android.

Faz-se importante ainda saber que não há limite de vídeos e, dessa forma, pode-se salvar quantos o usuário quiser e por tempo ilimitado. Ainda, a exclusão também pode ser feita quando convém.

Samsung Galaxy S8 e sua tela 4K e câmera dupla

O potente Galaxy S8 pode chegar ao mercado de telefonia móvel para fazer história na linha do tempo da Samsung. O modelo possui data prevista para apenas o próximo ano, 2017, porém as fontes que dizem estar próximas dos planos da gigante da Coreia do Sul dão sugestões do que esperar dele, incluindo uma tela 4K UHD e um sistema duplo de câmeras principais.

Ambas as características já foram citadas anteriormente, mas agora outro informante vem a público para corroborá-las, adicionando mais detalhes sobre elas. Segundo o site Mobile.163, fundado e especializado no continente asiático, a responsável pela fabricação dos dois sensores fotográficos seria a própria Samsung, evitando terceirizar as peças vitais. Embora isso já aconteça no Galaxy S7 e outros, a empresa divide a responsabilidade com a Sony. Desta vez, no entanto, nenhuma parceira estaria envolvida.

SEMCO (Samsung Motors Company) é a divisão da Samsung em cargo de manufaturar o sensor ISOCELL. O sistema duplo de câmeras do Galaxy S8, como consequência, estaria nas mãos dela. Seria essa a premissa para a estreia do famoso BRITECELL? É possível que sim. Trata-se do sucessor do ISOCELL, prometendo mais estabilidade de luz em condições com baixa iluminação e redução de artefatos em cores, apresentado no final de 2015.

2c2A novidade era esperada para debutar no Galaxy S7, o que não aconteceu. Sabendo disto, ou a empresa sul-coreana guardou sua “carta na manga” para o Galaxy Note 7 ou o projeto está ainda mais para o futuro, visando o Galaxy S8. Seja como for, esse assunto ganhará mais atenção quando o anúncio do sucessor do Galaxy Note 5 finalmente acontecer, algo que está previsto para a primeira semana de agosto de 2016.

Já a tela 4K UHD foi um dos últimos tópicos a serem abordados no Galaxy Note 7. A presença da monstruosa resolução do display estaria envolvida intrinsecamente com a realidade virtual, oferecendo uma imersão incrível em um mundo feito de pixels. Caso o poderoso phablet realmente conte tanto com essa tecnologia quanto a câmera dupla, seria uma espécie de “Galaxy S8 em treinamento”, onde a Samsung poderia experimentar as novidades e, caso haja sucesso, colocá-las no herdeiro da linha Galaxy S.

Não é possível confirmar a veracidade das informações com base em apenas o que foi visto até agora, sendo necessário aguardar até que dados mais sólidos sejam apresentados. Tendo isso em mente, esperar até o início de agosto antes de tirar conclusões soa como uma boa ideia, já que o Galaxy Note 7 dirá muito sobre o Galaxy S8, fique atento.

Samsung e Apple em: o nascimento de uma nova moda

2cSistemas duplos de câmeras principais não são exatamente uma novidade no mercado de telefonia móvel. Várias companhias já desfrutam desse método de captura de imagens, como a Huawei, ZTE, HTC e afins, porém as duas maiores responsáveis pela popularização de novas tecnologias são a Samsung — entrando na brincadeira com o Galaxy Note 7 ou Galaxy S8 — e a Apple. Esta última já esteve envolvida em diversas situações onde a presença de dois sensores foi citada, sugerindo que o iPhone 7 Plus possa chegar às prateleiras com tal mecanismo. Se isto acontecerá ou não; é um mistério, mas há um grande potencial para essa ser a próxima moda no setor de smartphones modernos.

4 recursos que o Android N tem e o iPhone com iOS 9 não possui

O Google liberou a primeira versão prévia do Android N, ainda dedicada apenas aos desenvolvedores da plataforma. O sucessor do Android Marshmallow deve ganhar muitos recursos até o lançamento final para os usuários, no entanto as principais funcionalidades já foram reveladas.and

Analisamos as novidades anunciadas e comparamos com o iOS 9, sistema utilizado em iPhones e iPads. Confira quatro recursos que o Android N tem e a plataforma da Apple não.

Modo de economia de bateria…

Embora o iOS também tenha um modo de economia de bateria, apenas o Android possui um recurso que detecta quando o smartphone não está sendo utilizado, desativando aplicativos e funcionalidades para economizar energia. O recurso batizado de Doze já existe desde o Android Marshmallow, mas será aprimorado com a próxima atualização.

A nova versão do sistema trará o Doze++, que ativa o modo de economia a partir do momento em que a tela do smartphone ficar inativa. Segundo o Google, ele funcionará quando o usuário estiver trabalhando ou tomando banho, por exemplo.

Modo de economia de dados…

O usuário passará a ter ainda mais controle sobre o uso de dados na nova versão do Android. O Google implementou o Data Saver (Economizador de Dados, na tradução para o português), que irá impedir que o sistema e os aplicativos utilizem a internet em segundo plano, exceto quando uma conexão Wi-Fi estiver ativa. Os usuários poderão definir quais aplicativos entrarão nessa restrição.

O iOS até permite isso, mas depende de ajustes feitos manualmente pelo usuário.

Multijanela em smartphones…

O Android N trará aos dispositivos um modo multijanela, permitindo dividir a tela do dispositivo entre dois aplicativos. O iOS 9 possui essa funcionalidade, mas ela marca presença apenas nos iPads. No sistema do Google, a novidade será compatível também com os smartphones, tirando proveito das telas cada vez maiores dos celulares.

 

Multitarefa rápida…

O acesso a aplicativos que estavam abertos anteriormente será aprimorado com o Android N. Na nova versão, o botão de apps (geralmente fica à direita, com exceção da Samsung, que o coloca à esquerda) exibe cards maiores dos programas em execução. Mas a maior novidade é a rapidez na transição entre apps recentes: ao apertar duas vezes o botão de apps, o sistema volta para o app imediatamente anterior.

Digamos que você estava usando o WhatsApp até pouco tempo e agora está com o Facebook aberto. Ao tocar duas vezes no botão de apps, o Android N rapidamente faz a troca do WhatsApp de volta para a rede social.

iPhone 2: Nova template para Novo Blogger

Atendendo a pedidos estamos postando mais um template para Novo Blogger (blogspot) com o tema do iPhone, a grande febre do momento.

O primeiro que postamos era com o tema do iPhone com uma coluna… esse mantém o tema iPhone, só que agora com duas colunas…

Muito bonito. Recomendamos.

  • Hospedagem: Smart Dicas e Downloads
  • Tamanho do livro, eBook, vídeo aula ou arquivo para baixar: 10 KB

Ações da Apple despencam após crítica ao iPhone 4

As ações da Apple caíram mais de 3 por cento nesta terça-feira depois de uma avaliação negativa do iPhone 4 feita por um influente guia tecnológico que criticou a antena de recepção do aparelho.

Na segunda feira a Consumer Reports disse que não poderia recomendar o iPhone 4 – que vendeu 1,7 milhão de unidades no mundo inteiro em seus três primeiros dias – após os testes confirmaram as preocupações sobre a perda de sinal quando o dispositivo é segurado de uma determinada maneira.

A muito acompanhada organização sem fins lucrativos disse que a AT & T Inc, operadora de telefonia móvel exclusiva para o iPhone 4, não é necessariamente a principal culpada.

As ações da Apple caíam 2,69 por cento, para 250,3 dólares. A Apple não estava imediatamente disponível para comentar o assunto.

O JP Morgan alertou em relatório que problemas de recepção sem fio no smartphone, que compete com o Blackberry da Research in Motion e o Pre da Palm, podem afetar a demanda.

“A Consumer Reports é um crítico muito respeitado, e o relatório deve esquentar para cima da Apple”, afirma o analista Mark Moskowitz, em nota a clientes.

“As preocupações em torno da recepção do iPhone 4 não parecem estar impactar a demanda, mas nós pensamos que existem riscos quando um bem respeitada agência de avaliação de produto, como a Consumer Reports, faz uma avaliação negativa”.

“Nós continuamos a esperar uma correção da Apple, seja a solução software ou hardware”.

A Consumer Reports, que publica guias de tudo, desde carros a TVs, disse na segunda-feira que também testou outros aparelhos – incluindo o iPhone 3GS e Pre – e não encontrou nenhum problema como a perda de sinal da nova versão do iPhone da Apple.

Em Vídeo Hitler fica furioso com antena do iPhone

Um clássico dos vídeos virais ganhou agora nova versão para desancar Steve Jobs e seu confuso e-mail negando problemas no iPhone 4.

Acusado de ter antenas para sinal Wi-Fi que não funcionam direito, o iPhone 4 foi defendido por Steve Jobs em e-mail. Jobs explicou que não há defeito, mas que os usuários é quem devem segurar corretamente o dispositivo para fazê-lo captar melhor o sinal de conexão sem fio.

No vídeo abaixo, falsas legendas do filme a queda (em inglês) mostram Hitler furioso com o comportamento de Jobs.

Na versão original, o premiado drama de Oliver Hirschbiegel narra os últimos dias de Hitler em seu bunker, em Berlim, antes da derrota alemã na Segunda Guerra.

As edições da cena abaixo se tornaram um hit na internet e já serviram de mote para fazer centenas piadas com políticos, esportistas e todo tipo de celebridade.

Incomodados com o uso das imagens, os produtores do filme pediram ao Google, no início deste ano, que removessem os vídeos do YouTube. O Google atendeu ao pedido, mas como se vê, a comunidade do YouTube voltou a postar brincadeiras com o filme alemão.

Conheça o novo iPhone, o mais popular entre os smartphones

A Apple anunciou a mais nova versão do popular iPhone nesta segunda-feira na esperança de manter sua liderança no mercado de smartphones ante um crescente número de concorrentes, como o Google.

O presidente-executivo da companhia, Steve Jobs, revelou o novo iPhone 4, que conta com mais de 100 novas ferramentas, durante uma conferência lotada em San Francisco.

O iPhone 4 vem com muitas funções esperadas por analistas, incluindo uma tela melhor e uma câmera frontal que pode ser usada em ligações com vídeo. O aparelho também é 24 por cento mais fino que o modelo 3GS.

Poucos esperavam muitos avanços tecnológicos em relação ao modelo anterior do iPhone, mas o aparelho continua estabelecendo o padrão para o mercado de smartphones, e os eventos de lançamento da Apple continuam sendo marcos importantes no calendário do setor de tecnologia.

5 milhões de consumidores já baixaram o Skype para iPhone

Quase 5 milhões de consumidores já baixaram o aplicativo do Skype lançado no domingo que permite, pela primeira vez, fazer chamadas pelo iPhone usando o serviço gratuito de telefone via Internet, informou a empresa nesta quarta-feira.

Antes do lançamento do aplicativo para redes 3G de alta velocidade, consumidores só podiam usar o Skype em seus iPhones através de redes WiFi.

“Já tivemos milhões de downloads até agora”, disse à Reuters o gerente de serviços móveis do Skype, Russ Shaw, sobre usuários de iPhone no mundo todo. “Isso é realmente positivo”.

Uma porta-voz do Skype afirmou que o número de downloads do aplicativo já chegou a quase 5 milhões na manhã desta quarta-feira.

Shaw disse ainda que o aplicativo teve uma boa demanda nas três principais regiões em que opera: Europa, América do Norte e Ásia.

O Skype, no entanto, tem sido criticado na Internet após anunciar no domingo que começará a cobrar por chamadas através de redes 3G a partir do ano que vem.

Isso representa uma grande reviravolta, já que o principal motivo pela popularidade do serviço é que ligações entre usuários de Skype sempre foram gratuitas, independentemente de hardware, seja computador ou celular.

Shaw afirmou que a empresa precisa começar a cobrar pelo serviço para financiar os investimentos necessários para manter a qualidade das chamadas em 3G.

Ele não quis dar detalhes sobre preços, e disse apenas que o valor será de acordo com a concorrência, que inclui operadoras de telefonia celular tradicionais.