Pokémon Go: quando o game vai chegar no Brasil

PG

Afinal, qiuando chega. Sente e relaxe, meu amigo. Pokémon GO pode demorar um bom tempo para desembarcar oficialmente no Brasil. Quem deu a letra foi ninguém menos que o CEO da Niantic, John Hanke, em entrevista à agência Reuters. A presença em nossos país foi listada como “em breve”, e uma conversa indica que esse “breve” pode significar até dois meses de espera.

Caso você não saiba, Pokémon GO teve base em outro game de sucesso da Niantic, o Ingress, um jogo também de realidade aumentada. No caso, detalhes não foram entregues sobre uma agenda, mas Hanke comentou que o app levou um ou dois meses para atingir o número de mercados desejados.

Sobre esse número, a Niantic deseja levar Pokémon GO para 200 países e regiões e está trabalhando na ampliação de servidores para isso. Até o momento, apenas usuários nos Estados Unidos, Austrália, Nova Zelândia, Inglaterra e Alemanha podem sair pelas ruas capturando Pikachus e Charmanders.

A Nintendo é que está feliz com toda essa história. Apenas a entrevista feita com a Reuters aumentou em mais de 10% as ações da companhia, que agora acumula uma valorização de 86% em uma semana, adicionando US$ 17 bilhões em valor de mercado.

Pokémon Go: maníacos pelo jogo não param nem com facadas

Verdadeiros zumbis. O mundo está louco por Pokémon Go. Sério, literalmente. Além do encontro de um cadáver,cilada virtual de bandidos, drone com caça remota e jogadores trapaceiros, agora foi a vez de um jovem estadunidense de 21 anos mostrar que está viciado no mais novo título da Nintendo. Na terça-feira desta semana, 12 de julho de 2016, Michael Baker, residente da cidade de Forest Grove, Washington, levou uma facada enquanto procurava os monstrinhos de bolso, o que não o impediu de continuar sua jornada para ser o melhor treinador do mundo.

Enquanto andava em busca de novos bichinhos para chamar de seus, trombou com alguém e o chamou para a batalha, pensando ser outro jogador de Pokémon Go, mas a história não acabou bem. O estranho tirou a arma branca de suas vestimentas e atacou o jovem no ombro, fugindo logo em seguida. Baker não procurou socorro, querendo mais tempo para desfrutar da jogatina.

jvA polícia local de Forest Grove confirmou ao The Telegraph que “um jovem de 22 anos levou uma facada, mas recusou o tratamento médico para continuar dentro do universo criado pelo título da Nintendo”. Ninguém ainda foi preso. “Eu o vi passar e perguntei se estava jogando Pokémon Go. Ele ficou, tipo, ‘o que?’. Eu acho que ele quis batalhar, pois veio a mim com uma faca”, disse Michael Baker ao canal FOX 12. “Depois de ser escaqueado, eu continuei minha missão. […] Eu basicamente arrisquei a minha vida”, completou.

Ironicamente, a primeira mensagem mostrada ao abrir o game feito pela Niantic Labs é para prestar atenção aos arredores, evitando que acidentes ocorram enquanto tenta capturar os monstrinhos. Desta vez, além de ficar de olho no ambiente que o cerca, também é bom analisar as pessoas que estão nas proximidades. Algumas delas estão inclinadas a esfaquearem quem quer que seja.

Pokémon Go no Brasil:

Pokémon Go ainda não estreou oficialmente em solo brasileiro. Ainda assim, é possível desfrutar de suas primeiras etapas no Android e no iOS. No sistema operacional da Google, basta baixar o aplicativo de forma alternativa, enquanto os usuários de iPhone precisam apenas criar uma conta na Apple Store e Google dos Estados Unidos, Austrália, Nova Zelândia ou Japão para conseguirem acessar o game.

Infelizmente, ao entrar no mundo da Nintendo, pode-se somente capturar o pokémon inicial, pois os demais não estão disponíveis no mapa. O sucesso estrondoso da novidade está causando instabilidades nos servidores, o que atrasaria o lançamento da plataforma em mais regiões. Passar o WhatsApp, Snapchat e até a pornografia não é para qualquer um, então kudos ao esforço da Nintendo e Niantic Labs. Quando Pokémon Go chegar por aqui, lembre-se de prestar muita atenção para onde está indo.

Pokémon Go: Entenda como funcionam e para que servem os itens

Pokémon Go coloca os jogadores para capturar monstrinhos no mundo real, mas o game de realidade aumentada para iPhone (iOS) e Android tem funções que podem ajudar os treinadores, como os itens. Eles funcionam de forma diferenciada e nem sempre é possível adquiri-los de graça. Conheça cada um dos disponíveis inicialmente e como funcionam:

PokéBola:

pbA PokéBola vermelha e branca está disponível desde o início do game e o treinador começa com uma boa quantidade delas. Elas servem para capturar Pokémon pelo cenário, e precisam ser repostas caso acabem – mas não se preocupe, é fácil conseguir mais.

As PokéBolas podem ser obtidas em PokéStops ou compradas com dinheiro real por meio das moedas virtuais adquiridas previamente. Com o tempo, quanto maior o nível do treinador, ele pode conseguir bolas melhores, como a UltraBola e a MasterBola.

 

Câmera:

caA câmera é um item “automático” e “infinito” do game. Ele é fixo e todo treinador tem um. Pode ser usado durante a captura dos Pokémon – basta pressionar o botão de câmera que aparece no modo de realidade aumentada e registrar uma foto no ambiente.

A câmera não tem uso limitado, não pode ser melhorada e nem obtida em PokéStops ou loja. Ela é totalmente fixa de cada treinador.

Lucky Egg:

luO Lucky Egg é um ovo diferente do padrão encontrado no game. Quando utilizado, ele dobra a experiência recebida do treinador durante 30 minutos, seja capturando Pokémon, passando por PokéStops ou dominando ginásios.

O Lucky Egg é um pouco mais raro de conseguir em PokéStops, mas pode ser comprado normalmente na loja.

Lure Module:

lurUm dos itens mais importantes do jogo, o Lure Module funciona de forma similar ao Incenso, mas só pode ser usado em PokéStops e serve para qualquer treinador que estiver próximo. Desta forma, ele atrai Pokémon durante 30 minutos para perto do PokéStop onde foi ativado.

Por ser muito útil para todos, ele é bem raro de se obter em PokéStops, mas pode ser comprado com moedas.

Egg Incubator:

eggO Egg Incubator serve para chocar ovos de Pokémon, da mesma forma que o padrão que já começa com o jogador. Porém, cada Incubator serve apenas para um ovo: comprando mais, temos a chance de incubar vários ovos por vez.

o Egg Incubator não aparece em PokéStops, mas pode ser comprado com moedas premium, por um preço bem salgado.

Bag Upgrade:

bagO Bag Upgrade é mais ou menos o que o nome em inglês define: uma melhoria para a mochila do jogador. Ela permite que o máximo de itens carregados com o treinador aumente em mais 50 do número inicial.

O Bag Upgrade só pode ser comprado, e não recebido em PokéStops.

Incenso:

inO incenso pode ser utilizado para atrair mais Pokémon para perto do treinador. Quando ativado, ele dura apenas 30 minutos, mesmo quando o jogador desliga o game no celular.

Assim como outros itens, os incensos também podem ser obtidos na loja online ou em PokéStops, de graça, mas de forma diferente.

Pokémon Storage Upgrade:

stoSimilar ao Bag Upgrade, o Pokémon Storage Upgrade aumenta em 50 o número máximo de Pokémon que podem ser salvos no computador do professor. A melhoria pode aumentar, conforme for comprada mais vezes.

Assim como no Bag Upgrade, este aqui não pode ser obtido em PokéStops, apenas na loja online com dinheiro real e moedas.

Itens medicinais:

medAssim como nos jogos tradicionais da série, Potion e Revive são itens medicinais para os Pokémon. A Potion restaura 20 pontos de vida de um Pokémon, enquanto o Revive recupera um monstrinho morto.

Os dois itens são obtidos em PokéStops, e não na loja online do game.