Sisu 2015: concorrência, número de vagas e notas

O Sisu 2015 oferece 55.576 vagas em 72 instituições públicas por todo o Brasil. As inscrições via Sisu estarão abertas até o dia 10. O candidato não pode ter tirado 0 na redação do Enem 2014.

Na hora da inscrição, o candidato deve escolher, por ordem de preferência, até duas opções entre as vagas ofertadas pelas instituições participantes.

Durante o período de inscrição, uma vez por dia, o Sisu calcula a nota de corte, que é a menor nota para ficar entre os potencialmente selecionados para cada curso, com base no número de vagas disponíveis e no total dos candidatos inscritos naquele curso, por modalidade de concorrência. A nota é apenas uma referência e não uma garantia de que o estudante será selecionado. Até o fim do período de inscrição, o candidato pode mudar de opção de curso.

Quem não conseguir uma vaga na chamada regular, pode participar da lista de espera se inscrevendo na página do Sisu, na internet, entre os dias 15 e 26 de junho. Em 2014, cerca de 6,2 milhões de candidatos fizeram o Enem em todo o país.

Como resolver a prova do Enem 2015 com facilidade – Dicas

Pode-se notar que o Enem é uma prova bastante singular, de modo que exige do candidato uma estratégia um pouco diferente dos demais vestibulares na hora da resolução. Confira a seguir qual é o passo a passo recomendado pelo educador Mateus Prado:

1 – Resolver os itens mais fáceis
“Se eu sei que as mais fáceis geram a maior nota, eu preciso fazê-las primeiro, principalmente no segundo dia no qual quem está preparado não consegue fazer em 5h30 a redação, ler os 45 textos de linguagem e fazer, mesmo que simples, os cálculos de matemática. É impossível”, diz ele.

Descobrir quais são elas é uma atividade bastante intuitiva, é o que realmente parece não exigir muito tempo para ser respondido. Por isso que o educador afirma: “se tem uma que você sabe fazer, mas você viu que demora 10 minutos, pule-a. Não sei fazer? Pula. Não é marco quais são fáceis e volto depois, porque assim você vai perder tempo”, disse. Deste modo, seu conselho é: “comece a prova por onde você se sente mais seguro e depois passe para a outra prova desse dia. Resolveu todas as fáceis? Passa para o gabarito do Enem 2015”.

2 – Faça o mesmo com as questões médias

3 – Resolva as difíceis
Frente aos itens mais complicados, o aluno tentará solucioná-los. Caso não consiga, o educador sugere o chute: “na hora que você chuta na mesma letra, sua probabilidade de acerto é de 20%. Se você tem segurança que acertou a maior parte, o acaso aumenta se você escolher na alternativa que menos deu para você. Todo bom vestibular não vai pesar muito na mesma prova numa única alternativa. Imagine a situação: você, estudante, está acertando tudo, mas nota que tem 15 alternativas A na sua prova de 45 questões.

Você pensa que tem algo errado. Então todo bom vestibular distribui os gabarito do Enem 2015s: se são 5 alternativas, as respostas corretas estarão entre 8 e 10 questões de cada uma delas. Logo, se você colocar na que deu menos, você vai aumentar sua sorte ao acaso.”

Informações via universia.com.br

Enem 2015 é uma prova social, segundo professora

A professora de língua portuguesa do Cursinho da Poli Andrea Lanzara, de São Paulo, que enfatizou as particularidades da prova. Segundo ela, “o Enem é uma prova de dimensão social”, ou seja, grande parte das questões das áreas de humanidades valoriza o respeito à diversidade e à individualidade do outro. Para obter um bom resultado nas quatro áreas de conhecimento da prova do Enem 2015, os alunos precisam se dedicar aos estudos, mas também a entenderem de antemão qual o funcionamento da prova. Por exemplo, você sabe qual o critério de correção das redações? E como a nota final é calculada? Esse tipo de conhecimento torna-se um grande diferencial aos candidatos.

Além da importância do estudo dos conteúdos programáticos e do funcionamento da prova, o candidato precisa demonstrar que tem uma visão de mundo bem abrangente e que consegue interpretá-lo com base em sua bagagem cultural. Para Andrea, “o conteúdo cobrado é mobilizado a partir da competência de interpretação do candidato”, ou seja, as respostas para muitas questões podem ser encontradas nos textos base ou nas próprias perguntas.

No entanto, o principal diferencial do Enem é a transformação que reflete na educação nacional. A professora diz acreditar que o “Enem promove uma mudança na estratégia do ensino”, ou seja, novos conteúdos são incorporados às aulas para potencializar a preparação dos alunos para a avaliação.

Algumas das inovações proporcionadas pela abordagem da prova do Enem são a valorização de discussões voltadas ao respeito à diversidade e à individualidade e a relação entre arte e a cultura no cotidiano, por exemplo. Ambos os temas são recorrentes ao longo da prova e, por isso, recebem cada vez mais espaço nas salas de aula, alterando o padrão de ensino vigente.

Inscrições Enem 2015

Os interessados em participar da seleção do Enem 2015 podem se inscrever até às 23h59 do dia 5 de junho (horário de Brasília) exclusivamente através do site. O valor da taxa de inscrição será de R$ 63 e deve ser paga até às 21h59 até o dia 10 de junho somente no Banco do Brasil por meio da Guia de Recolhimento da União (GRU simples). Para se inscrever, deve informar primeiramente o número do seu CPF e o número do seu RG. Além disso, deverá informar um telefone (fixo ou celular) e um endereço de e-mail válidos. Ele também deverá criar uma pergunta e resposta de segurança para recuperar a senha. A isenção da taxa de inscrições do Enem é válida para todos os estudantes da rede pública e aos participantes que declararem ser membros de família de baixa renda ou estar em situação de vulnerabilidade socioeconômica.