Patente sugere que próximo iPhone pode ser dobrável

A tecnologia está por toda parte e sempre se renovando. E, nessa constante evolução, a próxima fronteira dos dispositivos móveis deverá ser um aparelho com tela dobrável. Samsung e Xiaomi já saíram na frente e estão testando produtos com essa característica.

A Apple também avança para produzir um iPhone com tela dobrável. Praticamente um ano depois de os primeiros rumores terem sido publicados, impulsionados por uma patente, o assunto volta a movimentar o noticiário sobre a Maçã.

O Escritório de Marcas e Patentes dos Estados Unidos publicou nesta quinta-feira (23) um pedido de patente da Apple para uma tela dobrável. Isso reforça o que foi publicado anteriormente, antes do lançamento do iPhone X, dando conta de que a empresa de Cupertino estaria trabalhando num modelo articulado que exigiria um display OLED flexível.

Esta nova patente amplia os rumores de que a Apple estaria trabalhando com a LG no sentido de produzir um iPhone dobrável.

O documento descreve que o display deve se abrir e fechar como um livro. Portanto, o que se desenha é um smartphone que pode até crescer de tamanho, mas que deverá ser menor quando desativado.

Novas tecnologias de display

Em outubro, já havia surgido o rumor de que a Apple planejava investir em uma fábrica da LG para a produção de uma tela dobrável.

Os dois rumores anteriores informavam que a Apple trabalhava com uma tela OLED, tecnologia presente no iPhone X. Mas o novo registro de patente é mais amplo e abrenge outros formatos, como LCD e microLED.

A rigor, já se pode considerar que a tela do iPhone X é dobrável, principalmente nas bordas, atrás da cobertura de vidro. A patente avança e sugere que o display deve ser projetado para ser dobrado e desdobrado em uso.

Ainda não há data prevista para um modelo de tela dobrável ser lançado, mas o mercado fala que isso deve acontecer em 2021, quando a Apple tiver adotado o display microLED.

Veja isso

Deixe uma resposta