Pro Evolution Soccer 2015

A principal novidade no PES 2008 é um novo sistema de inteligência do adversário, chamado Teamvision, que se adapta e reage ao estilo de jogo dos usuários para garantir que o computador esteja sempre desafiando os jogadores ao máximo. Isso força até os mais viciados a pensarem e mudarem seu estilo de jogo. Do contrário, as jogadas serão “cantadas” e o adversário vai facilmente anulá-las.

Suas fraquezas serão aprendidas e assim os contra-ataques dos oponentes serão muito mais perigosos. Além disso, qualquer repetição tática que você usar corre o risco de ser “manjada”.

Na “cozinha” do seu time, os zagueiros reagem melhor aos ataques, cercando a bola e obstruindo chutes. Os goleiros também estão mais atentos aos chutes mais próximos a eles. Mas calma, não são só os adversários que estão mais inteligentes e competitivos. Seus companheiros de equipe vão se distribuir melhor em campo. Além disso, alguns controles foram aprimorados para uma cadência melhor de passes e ataques mais rápidos.

O comportamento da bola também tem atenção especial nesta versão. O tempo dos chutes é totalmente controlado pelo jogador. Para enfrentar a dura marcação adversária, você terá maior controle da bola e muitas opções de dribles rápidos.

  • LIMITAÇÕES DA VERSÃO

Por ser uma versão de demonstração, só é possível jogar no modo de exibição. A escolha dos times também é limitada. Só é possível escolher entre as seleções da Argentina, do Brasil, da Espanha, da França, de Portugal e da Turquia.

Outra limitação é no menu de opções, onde só é permitido alterar o nível de dificuldade do jogo.

  • COMO JOGAR

Enfim, não é mistério nenhum como encarar um jogo de futebol. No entanto, segue os controles básicos e padrão do PES 2008:

Tecla X: passar a bola.
Tecla A: chutar.
Tecla D: passes longos, cruzamentos.
Tecla W: passes enfiados.
Tecla E: correr.

  • DICAS

Economize nas corridas, usando-as com inteligência. Seus jogadores se cansam quando você corre demais. Além disso, é mais difícil controlar a bola quando se está correndo.

Use a combinação Tecla E + Tecla X para marcar o adversário sobre pressão. Lembre-se de economizar nas corridas.

Preste atenção na barra de força dos chutes e cruzamentos. Evite que ela passe da metade para evitar que a bola vá longe do gol.

NOSSA OPINIÃO

Nesta versão do Pro Evolution Soccer, pela primeira vez os fãs vão perceber mudanças consideráveis nas cores dos menus. O menu principal está bem diferente do padrão existente desde as primeiras versões da série.

Dentro do jogo, as mudanças ficam nos detalhes. As texturas do campo, das placas e da torcida foram melhoradas. Os movimentos dos jogadores também, tornando esse simulador ainda mais realista. Na torcida, também foi melhorada a interatividade, com fãs mais empolgados e participativos, que jogam o time da casa para frente.

A jogabilidade é a mesma, marca registrada do PES. Basta pegar o controle e começar uma partida para perceber de cara que se trata do Pro Evolution Soccer. Foram aprimorados os dribles e os movimentos ofensivos, que ficaram ligeiramente mais rápidos. Portanto, pratique bastante.

Na guerra contra o FIFA 2008, não há dúvidas que a jogabilidade do PES tem a preferência dos gamers. Em termos de gráfico, a briga é equilibrada, mas o título da EA Sports ainda é melhor neste quesito. Pelo jeito, não será desta vez que o FIFA vai voltar à sua hegemonia em simuladores de futebol, pois o Pro Evolution Soccer, mesmo sem nenhuma mudança drástica, consegue se manter no topo nesta versão.

  • Requerimentos: Processador de 1.4 GHz (recomendado 3 GHz), 512 de memória RAM (1 GB recomendada), Placa de vídeo de 64 MB (256 MB recomendados)

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *