Confira 3 cursos em tecnologia para empurrar a carreira

Com o rápido surgimento de novas profissões e negócios, o mercado formal de ensino nem sempre consegue acompanhar essas transformações como deveria. Há uma onda de inovação e de modelos de negócio que obrigam cada vez mais os profissionais a se atualizarem com mais rapidez. Existem alguns cursos que podem ajudar esses executivos a diminuírem essa distância”, explica Renato Trindade, gerente da Page Personnel, consultoria de recrutamento especializada em cargos técnicos e de suporte à gestão, pertencente ao PageGroup.

Confira abaixo três cursos selecionados pelo consultor relacionados de alguma forma à tecnologia que podem impulsionar a carreira de um profissional:

 

1. Ciência de Dados

Público: profissionais da área de Tecnologia ou Estatística ocupam grande parte do mercado de Ciência de Dados. Mas independentemente da área de formação, algumas características serão comuns a todos os profissionais que trabalham com Ciência de Dados: programação, pensamento lógico, habilidade com números e conhecimento em banco de dados.

Objetivo: ainda não existe um curso superior específico para Ciência de Dados no Brasil. Grande parte dos profissionais possui formação em Ciências da Computação, Análise de Dados, Estatística, Matemática ou Análise de Dados. De qualquer forma, hoje já existem cursos on-line que fornecem as habilidades para atuar com ciência de dados. Existem alguns cursos de MBA e pós- graduação que abordam o tema.

Como pode ajudar na carreira: a posição de cientista de dados vem sendo uma das mais requisitadas no mercado nos últimos tempos. Por ser algo novo e com forte necessidade nas empresas, os profissionais que se profissionalizarem e buscarem atuar nesta área, poderão se destacar no mercado e ter uma rápida ascensão salarial.

2. Inteligência Comercial ou Inteligência de Mercado

Público: profissionais com graduação em Administração, Marketing ou Finanças, que busquem qualificação em estratégias de vendas e expansão de novos negócios por meio de um entendimento e um olhar mais estratégico e analítico. Também orientado a profissionais graduados em outras áreas que desejam um maior conhecimento no assunto. Existem diversos MBAs e pós que apresentam o tema.

Objetivo: os cursos de Inteligência Comercial ou Inteligência de Mercado têm como principais objetivos capacitar o profissional no planejamento comercial e na estruturação das estratégias de vendas da divisão e/ou da equipe.

Como pode ajudar na carreira: atualmente, quando se trata de posições comerciais, grande partes das empresas têm procurado profissionais não só com experiência no dia a dia de prospecção e/ou gestão de contas, mas como também profissionais que tenham uma capacidade analítica e estratégica para a organização de um plano comercial. Esse plano comercial envolve todo o desenvolvimento e gestão de indicadores de desempenho, análise de concorrência e de oportunidades, estudo dos dados/indicadores de mercado, estruturação das ações comerciais, entre outros.

 

2. Especialização em Legislação Tributária para Fintechs

Público: pessoas que buscam posições em empresas de tecnologia dentro do mercado financeiro. Profissionais que já possuem conhecimentos de tributos e que queiram migrar para o mercado de tecnologia.

Objetivo: auxiliar em todo processo de organização tributária de Fintechs, empresas de finanças digitais, bancos digitais e etc. A legislação atual não é clara em relação ao que já existe hoje nesse mercado.

Como pode ajudar na carreira: tudo indica que as empresas digitais tomaram o espaço de empresas convencionais. Profissionais que tiverem conhecimento neste mercado terão muito espaço e crescimento pois é um mercado que está dando os primeiros passos e tem muito espaço para crescer.

MEC abre inscrição para curso gratuito de Inglês

Nós sabemos que, hoje em dia, falar inglês é muito importante. Músicas, filmes, internet… cada vez são mais frequentes as situações em que estamos em contato com esse idioma. Nesse sentido, dá até para dizer que aprender inglês é praticamente uma necessidade no mundo atual. Porém, para alcançar bons resultados, é preciso escolher o curso certo — um curso que, além de eficaz, se ajuste bem aos horários e ao orçamento de cada um. É por essa razão que muitas pessoas acabam optando por cursos de inglês on-line.

O Ministério da Educação (MEC), por meio do programa Idiomas Sem Fronteiras(IsF), oferece aulas de inglês gratuitas para estudantes, técnicos e docentes de instituições de ensino superior cadastradas, e também professores da educação básica. Trata-se do curso My English Oline, com inscrições abertas até 31 de julho de 2019.

O curso de língua inglesa é on-line e autoinstrucional, que oferece um pacote de atividade interativas voltadas ao desenvolvimento das habilidades de leitura, compreensão oral e gramática do idioma.

O curso é dividido em cinco níveis de aprendizado. Os quatro primeiros níveis (iniciante, básico, pré-intermédiário e intermediário) dividem-se em três módulos cada um, denominados Progress Test 1, Progress Test 2 e Final Test.

Já o nível 5 (avançado) oferece preparação para três exames de proficiência na língua inglesa: Cambridge English – Advanced (CAE); Cambridge English –  First (FCE); e Test of English as a Foreign Language (TOEFL). O participante é contemplado com um certificado para cada nível realizado.

As inscrições são gratuitas e devem ser feitas no site do IsF (clique aqui). Depois de se inscrever, é preciso realizar o Placement Test, um teste que vai indicar o seu nível de conhecimento da língua. O usuário tem até 20 dias para entrar no My English Online, fazer o login e começar os estudos (sem se ausentar por mais de 45 dias).

Para mais informações, acesse o edital completo.

Curso de Corretores de seguro de vida 2018, veja vagas e inscrição

Novo curso para formação de corretores de seguro de vida está com 10 vagas abertas em Piracicaba (SP). Os interessados devem ter ensino médio completo e é desejável que também tenham experiência em vendas.

Além de participar da formação, os alunos terão suporte profissional, acesso a um programa de relacionamento, bolsa educacional durante o período de formação e recebimento de canal e-commerce personalizado após a formação.

O curso é realizado por uma empresa do ramo em parceria com a Escola Nacional de Seguros (Funenseg).

O candidato também deve ser familiarizado com plataformas digitais. Para se inscrever, é preciso acessar o site, selecionar a unidade de Piracicaba e fazer o cadastro.

Gerente da Mongeral Aegon – (19) 98963-0009

Confira quais os cursos técnicos mais valorizados para o mercado de trabalho

 

A indústria pode estar em crise, mas não parou e tem demanda por profissionais técnicos. Uma pesquisa da Consultoria ManpowerGroup concluiu que os cargos técnicos e de profissionais com habilidades técnicas específicas são os postos que as empresas mais têm dificuldades para preencher hoje no Brasil.

A qualificação técnica é considerada o grande gargalo e, ao mesmo tempo, é uma das possibilidades de aumentar a produtividade e a qualificação da mão-de-obra no País. Os cursos técnicos oferecem habilidades práticas e teóricas com o objetivo de preparar o aluno para o mercado de trabalho.

São válidos como cursos de ensino médio e escolhidos como caminho para a qualificação profissional porque aumentam as chances do aluno conseguir um emprego. Entre os fatores que vêm influenciando os alunos a acumular certificados técnicos com o diploma de curso superior é, justamente, a alta empregabilidade.

Confira os 10 cursos técnicos mais promissores!

Os 10 cursos técnicos mais valorizados

Para elaborar o ranking dos 10 cursos técnicos mais valorizados e promissores a consultoria ManpowerGoup utilizou critérios como: salários iniciais,  baixa oferta de profissionais no setor, novos mercados e a demanda por profissionais naquela área, entre outros.

1) Técnico em Meio Ambiente

Esta formação tem muitas oportunidades nas áreas de construção e indústria, além de óleo e gás. O salário médio inicial está em torno de R$ 3,5 mil.

2) Técnico em Redes de Computadores

O mercado de Tecnologia da Informação (TI) está aquecido e precisa de pessoal qualificado para cuidar da parte de infraestrutura. O salário inicial para esses profissionais gira em torno de R$ 3 mil.

3) Desenvolvedor Mobile

Quem busca a área tem a propósito de desenvolver novas plataformas de comunicação para empresas e organizações. As áreas de TI e telecomunicações estão recebendo muitos investimentos com a chegada da internet 4G e do aumento do poder de compra da população. O salário pode chegar a R$ 5 mil.

4) Técnico em Comércio Exterior

Quem for trabalhar na área vai estar muito ligado à negociação de insumos e ao mercado externo, com foco em diminuir o preço final do produto ou da prestação de serviços. O mercado globalizado garante o aumento de procura por este profissional. O salário inicial pode chegar a R$ 3,5 mil.

5) Técnico em Geoprocessamento

Esta profissão tem um mercado aquecido nas áreas de petróleo e gás. Os técnicos atuam na análise de todo o terreno onde a empresa está instalada. Em tempos de pré-sal, estes profissionais estão bastante valorizados. O salário médio inicial é de R$ 4 mil.

6) Técnico em Mecânica

Esse técnico trabalha na fabricação, montagem e na instalação de máquinas e equipamentos, podendo atuar em indústrias das variadas, que fabricam de alimentos a tecidos. Se a indústria cresce, eles têm emprego quase garantido, porque as máquinas continuam em funcionamento e sempre precisam de manutenção. O salário médio é de R$ 2.200.

7) Técnico em Eletrotécnica

Este profissional trabalha na avaliação de projetos e esquemas de instalações, desenvolvendo estudos e projetos de eletricidade. Há oportunidades não apenas no campo industrial, mas também no ramo de sistemas de distribuição e armazenamento de energia. Como o País passa por uma expansão no setor de energia, há vagas nas regiões Norte, Nordeste e Centro-Oeste. O salário médio inicial é de R$ 1.700.

8) Técnico em Segurança do Trabalho

Trata-se de um profissional que realiza inspeções para impedir situações de risco e elabora projetos para evitar acidentes. Nos últimos anos, esses técnicos ganharam importância por conta do grande contingente de obras na construção civil. É também requisitado em quase todos os setores da economia, pois são necessários em qualquer empresa que reúna grande número de trabalhadores. O salário médio inicial é de R$ 1.900.

9) Técnico em Construção Civil

Também conhecido como técnico em edificações, esse profissional coordena a ação construtiva junto ao engenheiro. A construção civil ainda carece desses profissionais, que atuam no meio de campo, cuidando do planejamento da obra. O salário médio inicial é de R$ 2.200.

10) Técnico em Logística

Essa profissão que tem como meta planejar, programar e coordenar as operações de transporte e distribuição de uma empresa. É um técnico muito valorizado porque a logística é um grande gargalo na distribuição de tudo o que é comercializado no país. Esses profissionais atuam também com o mercado internacional. O salário médio inicial é R$ 2.100.

Cursos técnicos e tecnológicos são a mesma coisa?

Não. O curso técnico é de nível médio, enquanto o curso tecnológico é de nível superior. Também chamada de curso de tecnólogo, ou curso superiores de tecnologia, essa graduação dura 2 ou 3 anos e tem alta empregabilidade. Por isso, se você quiser valorizar ainda mais o seu passe no mercado de trabalho, invista em um curso de tecnólogo.

Existem cursos superiores de tecnologia em todas as áreas da lista de cursos técnicos mais valorizados, desde de desenvolvimento de sistemas até logística!

Confira algumas instituições autorizadas pelo MEC a oferecer cursos tecnológicos:

Saiba como se inscrever- Microsoft abre curso online de inteligência artificial

Sempre se renovando e  se multiplicando, o emprego nas áreas a informática e do digital e com a passagem do tempo novas áreas tanto de investigação como de aplicação prática se abrem para os investigadores e profissionais destas áreas.

Uma das áreas que nos últimos meses se tem desenvolvido cada vez a uma maior velocidade é a área da inteligência artificial. O mundo precisa de mais engenheiros de inteligência artificial numa altura em que cada vez mais empresas procuram inserir este tipo de tecnologia nos seus produtos. A inteligência artificial conhece aplicações em contextos tão diversos quanto robótica, aplicações para smartphone ou automação de automóveis.

Nessa sequência, a Microsoft anuncia esta semana um novo curso acreditado (Microsoft Professional Program) dedicado totalmente à área da inteligência artificial. Este curso é totalmente online e qualquer pessoa se pode inscrever para melhorar as suas competências e currículo.

O curso tem 10 módulos, cada um deles com um investimento de tempo entre 8 e 16 horas para completar. Inclui diversas disciplinas relacionadas com a área, como visão digital, análise de data, reconhecimento de fala ou processamento de linguagem natural. Existe também uma disciplina dedicada à ética desta nova área de engenharia.

Também existirão módulos dedicados a tecnologia da própria empresa Microsoft, como por exemplo um módulo dedicado à aprendizagem de máquina no serviço de Cloud da empresa, a Azure.

O curso pode ser feito de forma gratuita, mas nessa modalidade não será efectuada qualquer creditação que possa ser adicionada ao currículo. Não é claro quando é que a Microsoft planeia lançar o curso, ou qual será o preço do produto, mas caso outros cursos já disponibilizados pela empresa possam servir de referencial o curso para Ciência da Informação custa $900 dólares.

Este é com certeza uma enorme mais-valia para todos os técnicos e engenheiros da área que se queiram tornar pioneiros numa nova área de aplicação que apenas encontrará expansão ao longo dos próximos anos.

A Microsoft não é a primeira empresa a lançar um curso online para a área da inteligência artificial. Em Fevereiro deste ano foi a Google a lançar o seu curso para a área denominado “Learn with Google AI”, totalmente gratuito. A ideia atrás do curso é exactamente a mesma, com a excepção de que em vez de incluir módulos que se focam nos produtos da Microsoft, obviamente inclui no programa a sua própria tecnologia de inteligência artificial ligada à Google Cloud. Pode aceder ao curso da Google aqui.

saiba como se inscrever em curso profissionalizante gratuito

Vão perca essa oportunidade! Instituto PROA está com as inscrições abertas para mais uma edição de seu curso profissionalizante de capacitação. O processo seletivo vai até o dia 30 de maio. O curso, que é destinado a estudantes da rede pública de ensino que têm entre 17 e 19 anos, é gratuito.

Os jovens interessados em participar do curso devem se inscrever para o processo seletivo até dia 30 de maio por meio do portal: http://proa.org.br/.

O Instituto trabalha há 10 anos capacitando jovens para o mercado de trabalho. O objetivo do curso é o curso auxiliar os alunos no desenvolvimento de qualificações comportamentais e técnicas que formam os perfis mais buscados pelas empresas. Além disso, a intenção é estimular jovens a descobrir ou aprimorar novas habilidades.

Para participar é necessário atender aos seguintes critérios: ter nascido entre julho de 1998 e dezembro de 2001; estar cursando o 3º ano do Ensino Médio em escola pública (ou já ter concluído) e ter renda familiar per capta de até 1,5 salários mínimos.

De acordo com o Insituto, o curso já formou quase 4 mil jovens e o índice de empregabilidade entre os alunos formados nos últimos três anos foi de 85%. Para o próximo semestre, serão 320 vagas e as disciplinas do módulo técnico vão trabalhar temas como comunicação, matemática, informática e práticas administrativas.

Mais de 50 cursos livres são oferecidos na área de medicina

Para os profissionais graduados na área das ciências da saúde, estão disponíveis cursos como: alergia e imunologia; anestesiologia; angiologia; cancerologia; cardiologia; cardiologia clínica; clínica médica; coloproctologia; dermatologia; emergência pediátrica; endocrinologia e metabologia; endoscopia; fisiatria; gastroenterologia; genética médica; geriatria e gerontologia; ginecologia e obstetrícia; hematologia e hemoterapia; homeopatia; infectologia; medicina aeroespacial; e medicina de família e comunidade.

Também há vagas para: medicina de tráfego; medicina de urgência; medicina do trabalho; medicina esportiva; medicina estética; medicina fetal; medicina generalista; medicina intensiva; medicina legal; medicina militar; medicina pericial; medicina reprodutiva; nefrologia; neonatologia; neurofisiologia clínica; neurologia; nutrologia; nutrologia esportiva; nutrologia pediátrica; oftalmologia; ortopedia; e traumatologia.

Entre os cursos estão ainda: otorrinolaringologia; pediatria; perícias judiciais médicas; perícias médicas; pneumologia e tisiologia; pneumologia pediátrica; psiquiatria; radiologia; radioterapia; ressonância magnética; reumatologia; reumatologia pediátrica; sexologia; urologia; UTI pediátrica; e UTI pediátrica e neonatal.

A carga horária das qualificações é de 432 horas de aulas presenciais. O aluno que optar pela POSFG irá contar com um corpo docente formado integralmente por professores com formação de especialistas, mestres e/ou doutores, além de um avançado sistema virtual de aprendizagem com suporte pedagógico 24 horas.

 

 

Sesc abre inscrições para cursos gratuitos em abril

Nesta crise que estamos atravessando, sempre é bom procurar uma renda extra que seja lucrativa e ajude a complementar nossoo orçamento doméstico. Pensando nesse público, o Sesc promove todos os meses cursos gratuitos de Valorização Social e para o mês de abril serão ofertados os cursos de Fundamentos da Pintura em Aquarela em Tecido: Tay Day Etnico, de Pano de Prato com Patchwork e de Joias com Tecidos. As inscrições acontecem de 12 a 19 de março, nos horários de 7h30 às 11h30 e 13h30 às 17h30, na Sala de Técnicos do Sesc Deodoro. Os resultados serão divulgados dia 26 de março.

O curso de Fundamentos da Pintura em Aquarela em Tecido: Tay Day Étnico. O tie-dye é uma técnica de customização simples e seu significado é “amarrar e tingir”, em que se enrola o tecido para ser tingido. O curso será realizado de 9 a 13 de abril, no Centro Cultural e Eclesial de Vila Passos.

O outro curso, também com técnicas manuais é o de Pano de Prato com Patchwork. A tradução literal de patchwork é “trabalho com retalho”, ou seja, uma técnica que une tecidos com uma infinidade de formatos variados. As aulas acontecem de 16 a 20 de abril, na Igreja Batista Kerigma, no Bairro de Fátima.

O curso de Joias com Tecidos vai ensinar a elaboração de acessórios de moda com sobras com objetivo principal de utilizar a criatividade e habilidade manual estimulando o participante a ter um olhar diferenciado sobre os resíduos de tecidos, resgatando técnicas do artesanato e do imaginário brasileiro. Com aulas teóricas e práticas as aulas acontecem de 23 a 27 de abril, no Auditório Sesc Deodoro.

Ofertados pelo Programa de Comprometimento e Gratuidade, os cursos de Valorização Social mensalmente proporcionam aprendizagem de técnicas manuais visando ao desenvolvimento de habilidades e competências de nível básico, que contribuam para a socialização e geração ou complementação da renda individual ou familiar.

Curso empresarial de gestão financeira 2018 – Inscrição e vagas abertas

O Programa de Capacitação Empresarial do IEL proporciona oportunidades de fortalecimento de seus negócios, por meio de cursos que desenvolvem competências em temas prioritários como Liderança Eficaz e Relações Interpessoais, Finanças, Capacitação Comercial, Técnicas de Avaliações de Investimento, Qualidade no Atendimento, entre outros.

Há possibilidade de atendimento na modalidade In Company, ou seja, dentro da empresa, e desenhar o treinamento conforme as necessidades e demandas da unidade.

O IEL está com inscrições abertas para mais um curso de gestão financeira, que será realizado de 2 a 6 de abril, sempre das 18h30 às 22h30, na sede do Instituto, localizado na Avenida Afonso Pena, 1.031, Bairro Amambaí, em Campo Grande (MS). Os interessados podem se inscrever pelo site http://www.ms.iel.org.br/cursos ou pelo e-mail gestaoempresarial@ielms.com.br.

Confira 8 cursos de tecnologia! 5 são gratuitos para quem não trabalha na área

A área de tecnologia está sempre em constante evolução e não para de crescer em termos de oportunidades dentro do mercado de trabalho. Todo o profissional precisa se preparar para lidar com diferentes tecnologias no cenário atual e futuro. Dominar os conceitos necessários para se comunicar efetivamente com qualquer time de tecnologia é, inclusive, um diferencial cada vez mais desejado pelas grandes empresas dentro e fora do Brasil.

Além disso, ao aprender competências como programação, análise de dados e desenvolvimento web, é possível desenvolver skills que te colocarão à frente dos demais no mercado do trabalho. Pensamento lógico, resolução de problemas, foco, persistência e criatividade estão entre essas habilidades.

Udacity listou oito cursos, entre opções gratuitas e pagas, para quem deseja adquirir novos conhecimentos em tecnologia — mesmo que não vá colocá-los diretamente em prática no trabalho. Confira:

1) Nanodegree Introdução à Programação

Sobre o curso: o curso apresenta os fundamentos essenciais para ter um primeiro contato com tecnologias web, mobile e data science, pois aborda HTML, CSS e Python de maneira estruturada.

Por que estudar: que tal desenvolver seu pensamento lógico? Aprender programação te ensina uma nova forma de raciocinar e, uma vez que você reaprende a pensar, adquire maior facilidade para a resolução de problemas.

2) Nanodegree Fundamentos de Data Science I

Sobre o curso: ajuda o profissional a dar seus primeiros passos no universo de ciência de dados e machine learning. O estudante aprende a fazer análises rápidas e precisas com Python para enxergar oportunidades de gerar novos negócios.

Por que estudar: mesmo quem não deseja atuar como cientista de dados pode se dar bem ao adquirir habilidades desse profissional tão requisitado pelo mercado. A partir de uma leitura aprofundada de dados, é possível desenvolver sua habilidade cognitiva para extrair conclusões relevantes e vislumbrar novas oportunidades (de produto, de modelo de negócio, de processos etc) para a sua empresa.

3) Introdução à Ciência da Computação (gratuito)

Sobre o curso: você vai praticar os conceitos-chave da ciência da computação e aprender Python, construindo suas próprias versões de aplicações web populares e explorando noções básicas de programação.

Por que estudar: comunicar-se efetivamente com times técnicos e ser levado a sério por engenheiros de TI é uma das vantagens quando você aprende a falar sua língua. Isso te traz mais clareza na argumentação e credibilidade, te colocando à frente em reuniões e priorizações.

4) Introdução à Estatística (gratuito)

Sobre o curso: estatística significa extrair significado dos dados. O curso introduz técnicas sistemáticas para compreender relações entre dados usando matemática.

Por que estudar: possuir uma grande quantidade de informações, sem saber o que fazer com elas, não é nada assertivo. Aprender estatística e métodos básicos de compreensão de dados desenvolvem no profissional uma mente orientada à criatividade e olhar crítico.

5) Teste A/B (gratuito)

Sobre o curso: o curso ensina como fazer experiências online e testar potenciais melhorias para site ou app de celular, por exemplo. Em testes A/B, duas versões da aplicação são exibidas para usuários diferentes e, em seguida, os resultados são analisados para determinar se a alteração é uma melhoria na qual vale a pena investir tempo e dinheiro.

Por que estudar: tomar decisões embasadas é um dos grandes diferenciais dos dias de hoje em qualquer indústria ou cargo. Conhecer a metodologia por trás de testes estruturados orienta o profissional a buscar uma visão mais analítica e assertiva.

6) Nanodegree Fundamentos Web Front-End

Sobre o curso: ensina a construir interfaces web responsivas, escaláveis e de ótima performance. Você dominará os fundamentos de front-end para começar a desenvolver websites dinâmicos com HTML, CSS e JavaScript.

Por que estudar: você se tornará um profissional mais versátil, ganhando autonomia para fazer pequenas mudanças em uma página web sem precisar acionar um desenvolvedor para algo tão simples — que entraria numa longa fila de espera, ao passo que você poderia resolver no mesmo instante.

7) Introdução ao HTML e CSS (gratuito)

Sobre o curso: nesse curso, você aprende a transformar os elementos que compõem a sua ideia em um website estático por meio das linguagens HTML e CSS, além de conhecer técnicas de design responsivo.

Por que estudar: saber executar algumas tarefas simples, como construir um e-mail marketing a partir de HTML para anunciar um novo produto, pode lhe render muito mais agilidade e te posicionar no mercado como um profissional qualificado e versátil.

8) Visualização de dados no Tableau (gratuito)

Sobre o curso: aprenda os fundamentos de visualização de dados e utilize storytelling para comunicar melhor as informações obtidas. Você também aprenderá a utilizar a ferramenta de visualização de dados Tableau.

Por que estudar: saber apresentar suas ideias com clareza é algo essencial para profissionais que participam com frequência de processos de tomada de decisão. Você consegue transmitir mais segurança ao apresentar uma análise de dados de forma clara, conquistando a atenção do público com maior poder de persuasão.

Os membros do painel ofereceram pontos de vista distintos sobre quando as taxas de juros devem voltar ao “normal”, com Meirelles estipulando um prazo de dois a três anos, enquanto Bürkner diz que “vai levar algum tempo”.

“Se o normal significa uma taxa de juros extremamente positiva, a normalidade não chegará tão cedo”, diz Velasco. “Taxas de juros extremamente positivas são uma possibilidade dentro dos próximos três ou quatro anos”.